quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

2015 First Meeting: Imperial Gran Reserva 2007, Aalto 2006, M.O.B. 2011, Don Maximiano 2008, Chateau La Monique 2005, Cuvelier de Los Andes Gran Vin 2008 e As Caborcas 2010!

A primeira reunião da Confraria do Ciao em 2014 foi power. Grandes vinhos, como sempre! E era comemoração do aniversário de nosso querido confrade Caio.
O aniversariante levou um grande vinho, que já pintou por aqui, também ofertado por ele tempos atrás, o Imperial Gran Reserva 2007. Esse é figurinha carimbada na turma. Agrada sempre. Da outra vez que bebemos estava mais fechado, tímido. Agora, está mais solto, mais aberto, com notas de cereja, cítricas e tostado leve. Uma beleza de vinho, como sempre. Valeu, Caião!
O JP levou um Don Maximiano Founders Reserve 2008. Este vinho já pintou por aqui algumas vezes (clique), e é dos grandes. Aliás, todos achamos bem melhor que seu irmão de 2009. Vinho polido, redondo, especiado, com tudo em cima, sem arestas. Melhora a cada ano de adega. Uma delícia! Embrulhado, muitos de nós chutamos ser um espanhol de primeira.... Erramos feio... Mas o vinho, era ótimo! Belo vinho, JP!
Eu levei um Aalto 2006, que já pintou por aqui. Esse tem pouco que falar. É um vinho potente, encorpado, com cereja preta, ameixa e um tostado bem gostoso. Vai enriquecendo em taça, com o surgimento de notas especiadas bem gostosas. Parece que o tempo não passa para ele. Esse 2006 ainda teria muitos anos pela frente. Delícia de vinho!
O Paulinho levou uma bela novidade: M.O.B 2011. É um projeto de 3 grandes enólogos portugueses no Dão (na Quinta do Corujão): Jorge Moreira, Francisco Olazabal e Jorge Serôdio Borges. Precisa dizer mais? É um vinho que surpreende pela fruta e frescor. Tem notas de coulis de framboesa e amoras. Delicioso! Apesar de passar por madeira, ela não sobrepõe a fruta. Belíssimo vinho, de belíssima safra! A ser conhecido.
O Joãozinho levou um Cuvalier Los Andes Gran Vin 2008. A Bodega é de origem francesa (Familia Cuvelier: Chateau La Crock e Chateau Léoville Poyferré). O vinho é um blend com Malbec majoritária (65%) e o restante Cabernet Sauvignon, Syrah, Merlot e Petit Verdot. Vinho frutado, especiado e com bastante frescor. Nada de ser enjoativo. O boa acidez equilibrava o dulçor e deixava o vinho bem equilibrado e convidativo. Boa pedida.
O Tonzinho também não arregou e levou um Chateau La Dominique St-Emilion 2005. O vinho é feito com Merlot, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon, com a consultoria do onipresente Michel Rolland. É um vinho com notas de cassis, chocolate, baunilha e especiarias. Muito sedoso e com final longo e especiado. Um belo Grand Cru Classé, de uma excelente safra. Com anos pela frente.
O Thiagão levou uma ótima surpresa. Aliás, em se tratando de Telmo Rodrigues, não chega a ser uma surpresa, pois o cara sempre está com coisas novas (e boas). Onipresente na Espanha, produz este As Caborcas 2010 na Galícia, bem na divisa com o norte de Portugal. Imaginei logo que teria a Mencía como atriz principal, e acertei. Mas ela vem com pequenas parcelas de Merenzao, Sausón, Garnacha e Godelho. Passa 12 meses em grandes cascos de carvalho, de 2000 litros. Isso faz com que a madeira não deixe marcas. É um vinho frutado (cereja e framboesa), fresco, cheio de vida e fácil de beber. Mr. Parker lhe deu 94 pontinhos. É um ótimo vinho, que prima pela fruta e frescor, em detrimento da madeira (Mr. Parker tá mudando...rs). Outro vinho a ser conhecido. Lembrou o frescor de bons Cru de Beaujolais (não Noveau, hein!).
Isso aí, pessoal! Começamos o ano com o pé direito! Prenúncio de grandes vinhos em 2015...


Grandes vinhos!


Grandes amigos!

4 comentários:

  1. BOA TARDE. Flávio. Aonde encontro um vinho de excelente gosto sabor sem grande teor alcoólico. Com o sabor da uva. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro(a) Anônimo,
      Boa tarde! Nos vinhos mostrados acima você tem dois exemplos de vinho com baixo álcool: As Caborcas e MOB, ambos têm apenas 12,5% de álcool. Vinho tinto com "sabor de uva" é difícil, pelo menos aqueles feitos com Vitis vinífera. Brancos com este sabor são aqueles feitos com a uva Moscatel, que são bem leves e com gosto da uva.
      Abraços,
      Flavio

      Excluir
  2. Buenas Flavitz,
    Grande Noite e Grandes Vinhos para começar 2015.
    Abs,
    JP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, JP! Começamos bem!
      Abração,
      Flavitz

      Excluir