terça-feira, 9 de outubro de 2018

Carpineto Nobile di Montepulciano Riserva 2013: Ainda novo, mas muito bom!

A Carpineto foi fundada em 1967 e produz uma grande gama de vinhos, exportando para mais de 70 países ao redor do mundo. Seus vinhos são importados e comercializados pela Wine, e possuem, além de ótima qualidade, bom preço. Já bebi algumas vezes o Nobile Riserva, que aprecio muito. Aliás, o Nobile sempre arrebata altas notas, principalmente, da Wine Spectator, que parece gostar dos vinhos do produtor. Este Carpineto Nobile di Montepulciano Riserva 2013, por exemplo, faturou 95 pontos da revista. Ele é feito com 70% Prugnolo Gentile (como a Sangiovese é chamada na DOCG) e 30% de Canaiolo e outras variedades permitidas. O envelhecimento é feito por 24 meses em grandes barris ovais de carvalho da Eslavônia (não Esloveno!) de 5.500 litros, e uma pequena parte em barricas de carvalho francês. O vinho permanece ainda um ano em garrafa antes de sair ao mercado. Diferentemente do 2008, que bebi tempos atrás e está no ponto, este 2013 ainda está novo (para o meu gosto). Ao nariz mostra notas claras de cereja preta, leve couro, amadeiradas, baunilha, tostados e especiarias doces. Em boca, a baunilha e tostado ainda sobressaem (também para o meu gosto - Tem gente que aprecia assim), mas o vinho mostra ótima acidez e ótimos taninos. O final é longo e tem leve tabaco e notas minerais. Vinho muito complexo e com grande potencial para adega. No dia seguinte estava melhor, para o meu paladar, o que corrobora seu potencial de envelhecimento. Perfeito para uma boa carne assada ou massa com molho vermelho. Vai premiar quem tiver paciência e segurar na adega por uns anos. Eu guardarei as outras garrafas por um bom tempo (ou se não resistir, deixarei decantando um bom tempo). Quem comprou, a um ótimo preço, pode ficar feliz que fez um bom negócio.





Nenhum comentário:

Postar um comentário