segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Indie Xisto 2015, J.Alberto 2016, Pio Cesare Il Nebbio 2016, Lindaflor Chardonnay 2015 e Montes Outer Limits Sauvignon Blanc 2011

Indie Xisto 2015: Vinho feito por Luis Seabra, ex-Nierpoort. Estava curioso para bebê-lo e o Thiagão matou a curiosidade. Feito com Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Amarela, de videiras com mais de 70 anos de idade. Vinte e dois meses de barrica, mas sem marcas. Aromas de amoras, florais e minerais. Em boca, acidez vibrante e ainda bastante tânico. Belo vinho, com ótima estrutura, mas que precisa de algum tempo para se acalmar. Guardarei minha garrafa. É importado pela Clarets. Seu irmão branco, Xisto Cru 2013, que é excelente, já pintou aqui no blog.

J.Alberto 2016, das Bodegas Noemia, da Patagônia Argentina. Gosto muito! A pitada de Merlot dá um toque todo especial. Não é Malbec doção, enjoativo. Ao nariz mostra notas de cereja preta, framboesa, alcaçuz e tostado. Em boca tem boa acidez e belos taninos. Belo vinho levado pelo JP.

A turma toda junta. À direita do J.Alberto o Pio Cesare Il Nebbio 2016. JP e eu sentimos cara e aromas de vinhos do Pacalet. Estranho, né? Mas tinha cor cereja, brilhante, clara, e aromas de morango e especiarias. Em boca, bem fácil de beber. Aliás, fácil demais. Muito liso. Faltou taninos esperados para a Nebbiolo. Faltou pegada! Não justifica o preço, pelo menos aqui. À direita do Indie um Lindaflor Chardonnay 2015, levado pelo Tonzinho. Decepção total. Tudo que não gosto em um Chardonnay. Já nos aromas mostrava as características que não me agradam: Muito abacaxi, erva-doce (ou algo assim), mel, côco, baunilha. Em boca, repetia o nariz e não dava nenhuma vontade de beber mais. Dei só uns goles e passei... O último da direita foi levado por este que vos escreve: Montes Outer Limits Sauvignon Blanc 2011. SB sem madeira, pequena maturação em inox. Ainda vivão, com aromas fortes de maracujá e frutas cítricas. Em boca, ótima acidez e final frutado. Bom, mas prefiro SB sem a saliência do maracujá e mais mineral.




Nenhum comentário:

Postar um comentário